Medidas preventivas contra o COVID-19

Em Walk in Granada trabalhamos desde o primeiro momento lado a lado com nosso colaboradores (guias, alojamentos, restaurantes, meios de transporte…) para que me todos os nossos serviços se possa garantir a segurança sanitária em todo o momento.

Para uma empresa que desde seu nascimento aposta por um turismo responsável, não se trata de outra coisa que seguir com coerência nossa própria filosofia: responsabilidade social, ambiental, laboral e sanitária!

Por tudo isso, Walk in Granada conta com o distintivo “Andalucía Segura” com o que a Junta de Andaluzia identifica as agências de viagem que cumpram com as medidas de segurança sobre o COVID-19 para que você tenha a garantia de que você vai usufruir de uma experiência que respeita as indicações dadas em matéria sanitária tanto pela OMS como pelas autoridades Nacionais e Autônomas.
Essas são as medidas de segurança de implementamos nos nossos serviços:

  • As visitas guiadas urbanas, ou atividades análogas não superarão as 20 pessoas por grupo. Para atividades de turismo ativo e de natureza os grupos serão de até um máximo de 30 pessoas.
  • Se manterá a distância de segurança de um metro e meio entre clientes sempre que seja possível.
  • O uso da máscara de proteção é obrigatória tanto para os guias como para os clientes.
  • Facilitaremos gel hidro alcoólico aos clientes que solicitem.
  • Todo o pessoal implicado em nossos serviços (guia, chofer, etc.) utilizarão máscara durante a realização do serviço.
  • Caso seja necessário, headsets/whispers/radioguias utilizados serão previamente desinfetados ou descartáveis.
  • O guia lembrará no início do serviço as medidas preventivas implantadas e estará atento para que sejam cumpridas por todos os participantes durante o desenvolvimento do serviço.
  • Evitar-se-á o reparto de material impresso como mapas e folhetos.
  • Evitar-se-ão aquelas formas de saudação e/ou despedida que impliquem contato físico com o cliente.
  • Limitar-se-á, na medida do possível, o uso de dinheiro efetivo e priorizar-se-á o uso do cartão de crédito e outros meios eletrônicos para cobranças e pagamentos de serviços.
  • No momento de realizar a reserva, será enviado ao cliente um documento esclarecedor das medidas de prevenção que serão tomadas em matéria de higiene e segurança durante o desenvolvimento do serviço, assim como informação sobre a localização e contato dos centros de atenção médica e emergências onde poder acudir em caso de sintomatologia compatível com COVID-19.
  • Serão controlados os sintomas de todo o pessoal implicado no serviço, excluindo e mantendo em quarentena de 14 dias aqueles que apresentem febre ou sintomas.
  • Todos os meios de transporte implicados serão desinfetados antes e depois de cada serviço e lavados em profundidade cada 24 horas.
  • Será suficiente a apresentação do ticket ou reserva no celular, sem necessidade de impressão.

Estas medidas seguem as diretrizes e recomendações para redução do contágio pelo corona-vírus SARS-CoV-2, extraídas do documento elaborado pelo Comitê de Técnicos constituído pelo ICTE em colaboração com CEFAPIT (Confederação Espanhola de Federações e Associações de Guias de Turismo), em consenso com a Associação Espanhola de Serviços de Prevenção Laboral (AESPLA), PRLInovación, e com os sindicatos CCOO e UGT. Coordenado pela Secretaria do Estado de Turismo, as Comunidades Autônomas e a FEMP. Você pode consultar o documento completo no seguinte link:

https://www.mincotur.gob.es/es-es/COVID-19/GuiasSectorTurismo/Guias_de_turismo.pdf

Book Now